212 215 306
913 080 555


Visite-nos!

Dúvidas frequentes

Em que altura se deve fazer o tratamento ortodôntico?

Depende. A maioria das vezes só se começa o tratamento quando a criança já tem, ou está próximo a ter, a dentição definitiva completa (11-12 anos). No entanto, há situações em que esta idade pode ser muito tarde, pois já podem ter existido alterações esqueléticas definitivas, tornando-se o caso muito complicado, sendo necessário recorrer a um tratamento ortodôntico- cirúrgico na idade adulta. Assim, aconselha-se a primeira visita aos 6-7 anos, quando a criança começa a mudar os dentes de leite. Esta visita deve ser antecipada para os 4-5 anos em casos de:
- Hábito de uso de chupeta ou dedo após os 4 anos.
- Hábito de colocação da língua ou do lábio inferior entre os dentes após os 4 anos.
- Crianças que perderam dentes de leite.
- Crianças que respiram pela boca e/ou ressonam.
- Crianças com o queixo avançado.

Existe um limite de idade para colocar aparelho fixo?

Não. Um tratamento ortodôntico pode ser efectuado em qualquer idade desde que haja uma situação de saúde a nível ósseo e gengival.

Preciso de colocar aparelho em todos os dentes?

O plano de tratamento ortodôntico e o tipo de aparelho indicado é definido em função dos objectivos do paciente. Quando o objectivo é corrigir apenas a posição de alguns dentes pode ser possível a colocação de um aparelho fixo parcial. Se o objectivo é a correcção da oclusão dentária e esquelética indica-se a utilização de aparelho fixo superior e inferior.

É difícil adaptar-me a um aparelho fixo?

Após a colocação do aparelho fixo existe um período de adaptação dos lábios, da língua e da dicção. Este período varia muito em função do paciente. Nas crianças dura geralmente 3-5 dias, nos adultos pode chegar às duas semanas. Os sintomas são por norma dor ligeira, que alivia com um analgésico, e o incómodo de ter um corpo estranho na boca. Podem aparecer aftas nos primeiros dias. Para que isso não aconteça é fornecido ao paciente silicone, para “tapar” algum bracket que possa estar a magoar.

O aparelho fixo danifica o esmalte dos dentes?

Não. Se existir uma boa higiene oral, o esmalte não fica danificado com a colagem de brackets. A higiene oral tem de ser eficaz, de forma a não existir acumulação de placa bacteriana junto aos brackets. Uma boa higiene oral implica no mínimo a escovagem dos dentes 2x ao dia e utilização de um escovilhão. Ou seja, o aparecimento de manchas brancas irreversíveis quando se removem os brackets depende apenas da falta de higiene dos pacientes durante o período de tratamento.

Existem pessoas alérgicas ao metal do aparelho fixo?

A maioria dos brackets metálicos e alguns arcos apresentam na sua constituição níquel, que em alguns casos pode provocar reacções alérgicas. Nestas situações podem ser usados brackets metálicos “níquel free” ou de cerâmica, e arcos sem níquel.

Quanto tempo dura o tratamento?

O tempo de duração do tratamento ortodôntico varia de caso para caso, sendo em média possível prever um período de 18 a 24 meses de tratamento, desde que sejam feitas consultas mensais.

Posso comer tudo durante o tratamento com aparelho fixo?

Não deve. Existem alimentos e hábitos a evitar durante o tratamento, nomeadamente:
- Pastilhas elásticas, gomas, rebuçados e caramelos.
- Bebidas gaseificadas (o gás induz maior descolagem dos brackets).
- Comer “ à dentada”.
- Roer unhas e canetas.
Existem outros alimentos muito duros que requerem cuidados na mastigação (bolachas muito duras, tostas e côdeas de pão, frutos secos).

Os dentes não mudam de posição no final do tratamento?

Podem mudar. É por isso que é necessária a utilização de um aparelho de contenção- para conter os resultados obtidos. A face, pele, músculos e até mesmo os ossos estão em constante mudança ao longo da vida. Os dentes sofrem alguma movimentação em resposta às alterações musculares, esqueléticas e às forças da mastigação a que estão sujeitos todos os dias. O tempo de utilização deste aparelho varia em função do caso.