212 215 306
913 080 555


Visite-nos!

Dos 3-6 anos

Normalmente aos 3 anos a dentição decídua ( dentição de leite) fica completa, não se verificando qualquer esfoliação ou perda de dentes . Durante este período as consultas devem ser anuais. A partir dos 5-6 anos, com o início da erupção de dentes definitivos, a criança inicia a dentição mista, e as consultas deverão ser semestrais.
A dentição de leite tem 20 dentes. A dentição definitiva tem 32 dentes. Isso significa que há dentes que “nascem” sem que caiam dentes de leite. O primeiro dente definitivo nasce atrás dos dentes de leite, por volta dos 6 anos. Muitas vezes os pais não se apercebem e quando vão às consultas podem ser surpreendidos por dentes definitivos já cariados.
Na consulta com o Odontopediatra é avaliada a necessidade de aplicação de selantes em dentes de leite de acordo com o risco de cárie que a criança apresente.
A pasta de dentes aconselhada pela DGS é uma pasta fluoretada com 1000 a 1500 ppm de flúor e a escovagem deverá ser realizada duas vezes por dia, sempre vigiada e auxiliada por um adulto. A quantidade de pasta é semelhante ao tamanho da unha do 5º dedo da criança.
O tratamento de dentes cariados, mesmo que sejam dentes de leite, é importante para manter uma boa saúde oral. A perda precoce de dentes de leite leva a atrasos na erupção dos dentes definitivos e perdas de espaço.